BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

UPPs - IMPRENSA DEVE TER ERRADO AO NOTICIAR 3.000 PMs



Prezados leitores, tudo indica que o jornal Extra se equivocou na matéria sobre a reestruturação das UPPs com a saída de 3.000 PMs do projeto.
Na matéria consta:

"A Polícia Militar anunciou, na tarde desta terça-feira, que 3 mil policiais que atualmente cumprem funções administrativas nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) serão enviados para as ruas (Fonte)".

Obviamente não existem 3.000 PMs atualmente em atividades administrativas nas UPPs.
Isso significaria que quase um terço do efetivo empregado nas UPPs não está na atividade fim.
Penso que a informação deva ser corrigida para que a população não fique com uma opinião errada sobre a reestruturação das UPPs.

Juntos Somos Fortes!

JANOT PEDE FASTAMENTO DE GILMAR MENDES E ANULAÇÃO DE DECISÕES

Prezados leitores, torço para que o exmo ministro do STF Gilmar Mendes seja afastado.
Salvo melhor juízo, em ato praticado por servidor público, não basta que ele atenda ao princípio da legalidade e no caso específico, a moralidade foi ferida de morte.

Ministro Gilmar Mendes

Carta Capital 
Política 
Operação Lava Jato 
Janot pede afastamento de Gilmar do caso Eike. 
por Redação — publicado 09/05/2017 09h48, última modificação 09/05/2017 09h48 
Com arguição de impedimento, PGR afirma que ministro do STF não tem isenção e pede nulidade das decisões proferidas por ele (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 22 de agosto de 2017

98 - O EXTERMÍNIO DE POLICIAIS MILITARES E A INÉRCIA DO GOVERNO



Prezados leitores, hoje foi assassinado no estado do Rio de Janeiro o nonagésimo oitavo Policial Militar no curso de 2017.
Enquanto os Policiais Militares são feridos e assassinados (de folga ou de serviço) não percebo nenhuma ação por parte do governo estadual para minimizar essa tragédia que está destruindo tantas famílias.
O que percebo é o aumento contínuo da ousadia dos criminosos.
Caso a minha avaliação esteja errada, ou seja, o governo está fazendo algo de concreto para deter essa barbárie e eu não estou conseguindo enxergar, peço que me corrijam postando comentários.

"Jornal Extra
22/08/17 16:36 Atualizado em 22/08/17 18:10 
Polícia investiga morte de PM após ele ser sequestrado na Baixada Fluminense 
Rafael Soares 
A Polícia Civil investiga a morte de um policial militar, identificado como Thiago Rodriguez da Silva, no Jardim Nova Era, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O assassinato foi confirmado pela PM. O corpo do cabo PM, lotado na UPP Tabajaras, foi encontrado dentro de seu carro — um Celta branco — na Rua Leonardo Sender, próximo ao campo do Flamenguinho, no Jardim Nova Era, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele estava de folga no momento do crime. O corpo tinha marcas de perfurações feitas por armas de fogo.Thiago é o 98º PM morto no Rio em 2017 (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

ERRO DA GESTÃO BELTRAME COMEÇA A SER CONSERTADO - 3.000 PMs SAIRÃO DAS UPPs

Prezados leitores, não vou me estender  no comentário sobre a matéria considerando que desde 2009 avisei que as UPPs seriam um grande fracasso, tendo inclusive publicado um livro sobre o tema.
Vale lembrar que será preciso um planejamento minucioso para remanejar esse efetivo, evitando expor os Policiais Militares que ficarão a riscos maiores.




"Jornal O Globo
Secretaria de Segurança anuncia realocação de 3 mil PMs de UPPs para patrulhamento ostensivo nas ruas 
Policiais serão levados para áreas onde índices de violência são maiores 
RIO — A secretaria estadual de Segurança anunciou nesta terça-feira que vai realocar 3 mil policiais militares das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPP) para área estratégicas do Rio. De acordo com o comandante-geral da Políca Militar, Coronel Wolney Dias, o reforço será realizado em áreas onde os índices de violência são maiores (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

RIO - DIFICULDADE DAS FORÇAS FEDERAIS DEVE PROMOVER VALORIZAÇÃO DAS FORÇAS ESTADUAIS



Prezados leitores, as dificuldades que estão sendo encontradas pelas forças federais para obtenção de resultados nas megaoperações contra o tráfico de drogas, considerando a relação custo-benefício, deve servir como parâmero para valorizar os Policiais Militares e os Policiais Civis do estado do Rio de Janeiro, eles que sem estrutura têm enfrentado durante décadas o poder dos criminosos que estão encastelados em comunidades carentes, ultrapassando inclusive os limites de suas missões constitucionais.
Valorizar os policiais é passo essencial para melhorar o controle da violência no Rio de Janeiro.
Penso que seja o momento do governo federal e dos governos estaduais implantarem mudanças que garantam uma melhor qualificação e valorização dos Policiais Militares e dos Policiais Civis.

Juntos Somos Fortes!

RIO - VIOLÊNCIA 7 X 1 EDUCAÇÃO



Prezados leitores, optei por usar o placar do maior vexame do futebol brasileiro (Alemanha 7 x 1 Brasil) para expressar a goleada que a educação pública está sofrendo em consequência da luta contra os traficantes de drogas, diante da necessidade de fechar escolas em algumas comunidades por tempo indeterminado.
Escola sem alunos significa país sem futuro e tal tragédia reforça o pedido que fiz neste espaço para que as pessoas de bem que residem nas comunidades carentes no sentido de que denunciem com segurança (anonimamente) onde se homiziam os criminosos que dominam as comunidades e onde escondem seus armamentos.
As pessoas de bem devem pensar no futuro de seus filhos que está seriamente ameaçado não só pelos confrontos armados, mas também pela falta de aprendizado.

"Jornal O Dia
POR CONTA DA VIOLÊNCIA
Escolas do Jacarezinho e Manguinhos fecham por tempo indeterminado
De acordo com SME, 15 escolas serão fechadas e outras 11 farão horários alternativos para não expor alunos a riscos de tiroteios (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

RIO - MEGAOPERAÇÕES - A MONTANHA ESTÁ PARINDO RATOS ( ? )



Prezados leitores, considerando o que foi anunciado pelo governo federal com toda pompa e circunstância sobre as operações contra o crime que seriam realizadas no estado do Rio de Janeiro e o resultados das megaoperações realizadas até o momento, alguém poderá estra achando que "a montanha está parindo ratos".
Sem dúvida, os custos de cada uma delas é altíssimo e os benefícios (resultados) obtidos parecem não corresponder. Assim como, ficam evidentes as dificuldades enfrentadas pelas forças federais.
Ouso expressar que essa avaliação pode ser precipitada, sobretudo se houver continuidade.
A continuidade, apesar dos custos, salvo engano, será o grande diferencial entre abalar seriamente a estrutura do tráfico de drogas ou apenas provocar alguns arranhões, logo cicatrizados.
E, não posso imaginar que com tantas autoridades envolvidas não tenha sido feito um planejamento de longo prazo, prevendo a continuidade das operações.
Se estiver certo com relação ao planejamento e à continuidade inserida nele, aposto na vitória dos mocinhos.

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

RIO - ESTADO BRASILEIRO SUBJUGADO PELO TRÁFICO DE DROGAS

Prezados leitores, o Estado Brasileiro precisa pedir autorização aos traficantes de drogas para que os Policiais Militares possam ingressar em comunidades carentes.
Uma vergonha!

governador Pezão e presidente Temer


"Jornal O Globo
PMs precisam até de aval do tráfico para entrar em sete favelas com UPPs
Com formação deficiente, agentes são impedidos de entrar até em becos e vielas, como ocorre na Rocinha 
VERA ARAÚJO E DAYANA RESENDE 
20/08/2017 4:30 / atualizado 20/08/2017 7:15 
Na Vila Cruzeiro, na Chatuba e no Parque Proletário da Penha — no Complexo do Alemão —, e também no Caju, na Mangueira, no São Carlos e na Rocinha, o estado voltou a perder o controle do território, num retrocesso à era pré-UPPs. Em alguns casos, os policiais são impedidos de entrar até em becos e vielas, como ocorre na Rocinha. Lá, o acesso deles é restrito às vias principais. 
Os policiais também são proibidos pelo tráfico de usar o celular. Se os criminosos percebem o uso do aparelho, passam em carros com o cano do fuzil do lado de fora da janela e simulam a retirada do pino de granadas para intimidar a tropa (Leiam mais). 

Juntos Somos Fortes!

VÍDEO - RIO - O INFERNO VIVIDO TODO DIA PELOS POLICIAIS MILITARES

Prezados leitores, a reportagem revela uma parte do inferno vivido pelos Policiais Militares no estado do Rio de Janeiro.


video


Juntos Somos Fortes!

domingo, 20 de agosto de 2017

BLOG DO CORONEL PAÚL - ARTIGOS MAIS LIDOS NA SEMANA DE 13 A 19 DE AGOSTO DE 2017



Prezados leitores, listo os artigos mais lidos na semana de 13 a 19 de agosto de 2017:

1) CRISE - PM DO RIO NÃO ABRE PROCESSOS PARA PROMOVER POLICIAIS MILITARES (Link). 

2) DEPUTADO RODRIGO MAIA CHAMA DE IRRESPONSÁVEL SECRETÁRIO DE SEGURANÇA ROBERTO SÁ (Link). 

3) JUÍZA DECRETA PRISÃO DE CORONÉIS DA POLÍCIA MILITAR (Link). 

4) RIO - COMPROVADO QUE SÓ AS FORÇAS ARMADAS PODEM RETOMAR E OCUPAR TERRITÓRIOS DOMINADOS POR CRIMINOSOS (Link). 

5) AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA - OPINIÕES DE UM JUIZ E DE UM POLICIAL MILITAR (Link). 

Juntos Somos Fortes!

sábado, 19 de agosto de 2017

A VIOLÊNCIA NO RIO DE JANEIRO PODERÁ DESMORALIZAR GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAL



Prezados leitores, a incapacidade do governo Pezão de controla a violência no estado do Rio de Janeiro é pública e notória, eis um fato.
Tamanha ineficiência fez com que o governo federal deslocasse em JULHO para o Rio de Janeiro efetivos das Forças Armadas, da Polícia Rodoviária Federal e do projeto da Força Nacional de Segurança, eis outro fato.
Diante desses fato, afirmo que hoje temos a responsabilidade pelo controle da violência dividida entre os governos federal e estadual.
É certo que as ações integradas ainda estão no começo e ninguém em sã consciência pode esperar resultados positivos rápidos diante da dimensão do problema da violência.
O tempo é senhor da razão.
Por sua vez, o tempo trabalha contra os dois níveis de governo e os resultados precisam aparecer sob pena de todo esse esforço e do dinheiro público consumido acabar produzindo descrédito para todas as instituições envolvidas.
Torço para que os resultados apareçam com a brevidade possível e que o povo possa acreditar que os governos federal e estadual unidos têm capacidade para controlar a violência que tem apavorado a população fluminense, seja nos bairros, seja nas comunidades carentes.
É inconcebível pensar que os governos não controlarão a violência.
Tento ser otimista, mas o tempo não para ultrapassamos a metade do mês de AGOSTO.

Juntos Somos Fortes!

RIO - AS MORTES E O DÉCIMO-TERCEIRO SALÁRIO

Bangu 1

Prezados leitores, o funcionalismo público e os militares (policiais e bombeiros) têm padecido sob o governo Pezão, não só no tocante ao pagamento do que é devido, mas esse é o problema que atinge a todos, gerando um endividamento que não será resolvido tão cedo, mesmo após a regularização das dívidas do governo com as categorias.
O décimo-terceiro salário relativo ao ano de 2016 não foi pago e estamos nos aproximando do final do mês de agosto, época que normalmente a antecipação da primeira parcela do décimo-terceiro de 2017 teria ocorrido.
Faltam quatro meses para que ocorra o acúmulo de dois décimos-terceiros salários atrasados, o que caracterizaria um desrespeito nunca antes visto com o funcionalismo e os militares.
O funcionalismo e os militares não podem estar sofrendo tanto com a falta dos pagamentos em dia e não estar sendo desenvolvida uma investigação para apurar os responsáveis por isso.
Quem desviou dinheiro público.
Quem foi cúmplice por omissão e não fiscalizou.
Quem não planejou a economia.
Todos devem promover os ressarcimentos aos cofres públicos e cumprir períodos atrás das grades, considerando que a crise que criaram, sem dúvida, está matando pessoas, sobretudo aposentados e pensionistas que dependem de remédios que estão impossibilitados de comprar.


Juntos Somos Fortes!

EX-GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL VAI DELATAR?



Prezados leitores, noticiário deu conta que o ex-governador Sérgio Cabral estaria negociando uma delação premiada.
O fato não teve grande repercussão na imprensa, mas isso é compreensível, afinal Sérgio Cabral é uma fonte de informações que pode ser comparada a uma metralhadora giratória que pode atingir poderosos de vários setores.
Como escrevi em outro artigo se Cabral tem essa intenção deve se apressar, isso para que ele possa fornecer novidades relevantes, o que é imprescindível para que o acordo de delação seja aceito.
Eu torço para que ele denuncie todos os integrantes dos esquemas que ele participou.

Juntos Somos Fortes!

JACAREZINHO - ONDE ESTÃO AS PESSOAS DE BEM QUE RESIDEM NA COMUNIDADE? - COMENTÁRIO

Prezados leitores, transcrevo comentário postado no artigo "JACAREZINHO - ONDE ESTÃO AS PESSOAS DE BEM QUE RESIDEM NA COMUNIDADE? (Link)": 



"18 de agosto de 2017 15:27 
O morador de bem não vai contra a lógica e cultura da favela. É mais fácil calar porque "os meninos" são os filhos, netos, irmãos ou maridos de suas vizinhas ou parentes. Tem jeito mais não. Mesmo que fosse possível remover os moradores de bem desses covis, nova favela seria formada no novo endereço e tudo seria reiniciado. A ÚNICA ESPERANÇA CONSISTE EM UM DIA ACORDARMOS PARA O FATO DE QUE ALGUÉM SÓ LUCRA COM A VENDA DE PAÇOCA PORQUE EXISTEM PESSOAS QUE GOSTAM E COMPRAM PAÇOCA E/OU SE CORROMPEM AO PERMITIR A SUA VENDA ONDE NÃO É PERMITIDA. Penas duras para traficantes, viciados e agentes públicos corruptos sequer é cogitado por aqueles que querem a paz. Cidadãos e autoridades são culpados pelo gelo enxugado de cada dia. São covarde politicamente corretos. Então aguentem! 
O que intelectualoides insistem em chamar de "falida política de guerra ao tráfico" não passa de desonestidade intelectual, pois sabem e admitem o engodo politicamente correto, quando na verdade sabem que é preciso radicalizar pata que tenhamos futuro. Hipócritas. Se o usuário fosse combatido como criminoso que é, fosse ele enquadrado na associação ao tráfico, o comércio de drogas ilícitas cairia drasticamente e a violência urbana também. Se o traficante começasse a pena com 30 anos, que poderia ser dobrada caso estivesse portanto arma de calibre de uso restrito e triplicada no caso de atirar contra a polícia (nem falo em morte), o comercio de drogas ilícitas cairia drasticamente, a violência urbana, o roubo de carros, a receptação de peças, os homocidos e a quantidade de operações policiais desastrosas, caras ou inócuas, idem. Se agentes púbicos começassem a pena com 30 anos de cadeia quando pegos em corrupção, todo tipo de crime cairia drasticamente. Só que não... Jornalistas, deputados, senadores,promotores, juízes, policiais, médicos, engenheiros, artistas, professores, operários, domésticas, crianças, jovens, adultos e velhos alimentam a violência e são tratados como doentes usuários que necessitam de um tratamento previsto na lei utópica e também criminosa (no papel é bonito, na prática é inexistente). Autoridades e traficantes formam verdadeira aliança e ninguém fica preso muito tempo, claro, o legislador não iria elaborar uma lei que seria usada contra ele próprio (vide colaboração premiada usada pela lava jato). 
Portanto, não há solução. Esqueça. Policiais e moradores continuarão pagando com o próprio sangue pela covardia de todo o povo brasileiro que não exige dos legisladores o endurecimento contra a violência que sabemos nascer no vício dos coitadinhos, nos crimes de traficantes e policiais, políticos, Juízes, desembargadores, etc. 
Vida que segue. 
Quem é o próximo a morrer e está com a senha invisível? Pode avançar! 
Sgt Foxtrot" 

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

BRASIL, UM PAÍS FORJADO PARA OS CRIMINOSOS (03)


Prezados leitores, postei dois artigos com o título "BRASIL, UM PAÍS FORJADO PARA OS CRIMINOSOS" (Link 1) e (Link 2).
Neles não abordei qualquer novidade, apenas destaquei como podemos preparar um país para ser um paraíso para os criminosos destruindo a educação.
No segundo conclui que postaria outro artigo tratando da interferência dessa destruição nas instituições, promessa que cumpro de forma objetiva no presente texto, considerando que os efeitos são óbvios.
Penso que ninguém duvide que qualquer país que tenha parcela significativa de sua população deformada em termos de educação, será um país com graves problemas éticos e morais, como acontece com o Brasil, uma realidade que comentamos algumas vezes em artigos e vídeos.
As instituições são formadas por parte dessa massa, logo, incorporam esses desvios éticos e morais das pessoas.
Em apertada síntese, temos um país com as instituições comprometidas em razão de significativa parcela dos seus integrantes terem origem na parte da população deformada ética e moralmente.
Diante desse quadro, como consertar o Brasil?

Juntos Somos Fortes!