COMO COMPRAR OS LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em adquirir os livros publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com para obter informações.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O DIA DO SOLDADO E OS 40 DA EVARISTO



Prezados leitores, hoje, dia 25 de agosto, comemoramos o "Dia do Soldado".
O dia que homenageia os militares federais (Forças Armadas) e os militares estaduais (Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar).
Homens e mulheres que juram arriscar a própria vida em defesa da pátria e da população.
São os únicos profissionais que fazem e cumprem tal juramento.
Patriotismo, idealismo e destemor são alguns valores por eles e elas cultivados.
Hoje, escolhemos para representar o Soldado brasileiro os integrantes do grupo 40 da Evaristo.
Eles que surgiram no ano de 2007 para solicitarem aos governantes salários dignos e adequadas condições de trabalho.
O grupo foi às ruas de forma disciplinada, ordeira e pacífica para  darem conhecimento à população das mazelas enfrentadas pelos Policiais Militares e pelos Bombeiros Militares no seu cotidiano.
Inauguraram no Rio de Janeiro uma nova forma de manifestação dos militares, uma maneira legítima de dar ciência aos principais interessados, os cidadãos, sobre todos os problemas vivenciados pelos Soldados.
Romperam as mordaças impostas nos quartéis, um silêncio que fazia mal a todos, tendo em vista que escondia do povo a verdade.
E, o fizeram, repetimos, de forma disciplinada, ordeira e pacífica.
Parabéns aos 40 da Evaristo que escreveram uma página gloriosa na história militar brasileira.
Ao grupo a nossa melhor continência.

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

OLIMPÍADA: JAPONESES PREOCUPADOS COM OS JOGOS DE TÓQUIO



Prezados leitores, os japoneses parecem não ter aprendido nada com os governantes brasileiros sobre a realização de uma Olimpíada.
Os japoneses estão preocupados com o custo dos jogos olímpicos de 2020, conforme noticiou o Jornal Nacional na noite de ontem.
Isso é um absurdo!
Lula da Silva, Dilma Rousseff, Sérgio Cabral, Pezão, Eduardo Paes e outros envolvidos na realização da Olimpíada brasileira, não demonstraram nenhuma preocupação com custos.
Por que o governo japonês está preocupado? 
Será que o povo japonês não vai aceitar a falta de transparência nos gastos como ocorreu no Brasil?
Não vai aceitar os fortes indícios de obras superfaturadas?
Não vai aceitar o não cumprimento de metas, como a despoluição da Baía de Guanabara?
Não vai aceitar o atraso e o parcelamento dos pagamentos do funcionalismo? 
Não vai aceitar o assassinato de policiais?
Não vai aceitar que o legado dos jogos sejam dívidas?
Não vai aceitar um fracasso no quadro final de medalhas?
Talvez a saída para o governo japonês seja convencer o povo japonês a se comportar como o povo brasileiro.
Se tiver sucesso, o governo japonês não tem com o que se preocupar.
O japonês vai passar a aceitar qualquer coisa e ainda vai festejar. 

Juntos Somos Fortes!



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

HORA DE AVANÇARMOS NA CPI DA COPA 2014 E NA CPI DA OLIMPÍADA 2016



Prezados leitores, a Operação Lava Jato tem demonstrado que é possível investigar, encontrar provar, condenar culpados, colocá-los nas cadeias e recuperar dinheiro público que tenha sido desviado.
A operação é a inspiração que deve impulsionar a instauração das CPIs da Copa 2014 e da Olimpíada 2016, eventos nos quais existem fortes indícios do uso indevido do dinheiro público.
É preciso investigar e punir os responsáveis.
Caso os parlamentares insistirem em abafar os casos e não investigar, deve caber ao Ministério Público promover as investigações com apoio da Polícia Federal.
O pontro de partida é o evidente mau uso do dinheiro público, tendo em vista que nem a realização da Copa e nem a realização das Olimpíadas podiam ser consideradas como prioridades para o uso dinheiro público do povo brasileiro, carente de saúde, educaçaõ e segurança públicas de boa qualidade.
Todos que contribuíram para esse desperdício do nosso dinheiro devem ser responsabilizados, o mais rápido possível para que sirvam de exemplo.
Ninguém é contra Copa do Mundo, nem Olimpíada, mas o Brasil não tinha e não tem condições de realizar esses eventos de tal envergadura.
A realização dos jogos paraolímpicos está amaecada e mais dinheiro público terá que ser injetado, isso aos milhões.
Só o que se está gastando com a mobilização das Polícia Militar, da Polícia Civil, da Força Nacional e das Forças Armadas ultrapassa a casa dos bilhões de reais.
O dinheiro público que foi e que continuará sendo gasto fará muita falta aos pobres do Brasil, que não terão qualquer legado olímpico, como não tiveram na Copa.
É hora de investigar, encontrar provas, identificar culpados, condená-los, prendê-los e fazer com que devolvam o dinheiro, sejam eles políticos, empreiteiros, patrocinadores ou órgãos da imprensa.
Eis o que o povo deve cobrar a partir de amanhã.

Juntos Somos Fortes!

OLIMPÍADA: ARBITRARIEDADE DA PREFEITURA MANCHA ENCERRAMENTO



Prezados leitores, nos aliamos ao protesto dos integrantes da ONG Rio de Paz e condenamos o abuso da prefeitura do Rio de Janeiro que impediu a livre manifestação do pensamento, um arbitrariedade que nos remete às piores ditaduras que existem no mundo.

"Jornal do Brasil
20/08 às 16h06 - Atualizada em 20/08 às 16h07 
Prefeitura impede protesto de ONG contra legado olímpico no Rio 
Agentes da Guarda Municipal interromperam na manhã deste sábado (20) um protesto da Organização Não Governamental Rio de Paz, na Praia de Copacabana, na Zona Sul carioca. Os guardas retiraram uma estrutura montada pela ONG na areia que retratava uma favela e questionava o legado olímpico para a população pobre da cidade. 
O ato começou às 6h e a estrutura de protesto feirta de papelão, plástico e madeira deveria permanecer até às 17h, mas por volta das 8h30, os agentes retiraram o material. 
Durante o protesto, o fundador da Rio de Paz, Antônio Carlos Costa ressaltou que desde 2007 a ONG realiza protestos com estruturas montadas na Praia de Copacabana e nunca sofreu repressão das autoridades. Segundo Antônio Carlos Costa, a ONG só realizou o ato agora justamente para não atrapalhar o bom andamento da Olimpíada. 
"Poderíamos ter feito no início, poderíamos ter realizado manifestação de rua, temos poder para isso, fizemos no final para não prejudicar os Jogos Olímpicos e acontece isso [retirada dos materiais que estavam na praia. O Rio de Janeiro termina a olimpíada de uma forma péssima. (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

domingo, 21 de agosto de 2016

IMPRENSA DEVE OUVIR GUARDAS MUNICIPAIS SOBRE CASO DO SUBPREFEITO DA BARRA



Prezados leitores, a imprensa precisa ouvir os Guardas Municipais sobre o episódio, tendo em vista que circulam nas redes sociais graves denúncias sobre o que teria ocorrido, inclusive sobre o cerceamento aos Guardas Municipais. 

"Jornal Extra
21/08/16 05:00 Atualizado em 21/08/16 09:53
Subprefeito da Barra da Tijuca vai parar na delegacia após briga com guarda municipal 
Rafaella Barros 
Uma briga que ocorreu do lado de fora do Parque Olímpico levou o subprefeito da Barra da Tijuca, Márcio Valente, seu motorista e um guarda municipal para a delegacia na noite de sábado. Segundo testemunhas, o motorista do subprefeito teria urinado na rua. Um agente da Guarda Municipal chamou a sua atenção e o motorista e Valente o teriam intimidado e agredido. 
— Ele já agarrou na gola do guarda, queria dar um soco nele. Os dois agrediram o guarda, e o subprefeito chegou a chutá-lo e ameaçou a família do guarda. — disse uma das testemunhas, que preferiu não se identificar. 
Essa mesma testemunha afirmou que, quando outra viatura da GM chegou, houve várias ligações. Foi quando souberam que se tratava do subprefeito da Barra. De acordo com dois relatos, Márcio Valente estaria descontrolado e teria dito aos agentes que é filho de desembargador. Segundo outras duas testemunhas, o comandante do 31º BPM (Barra da Tjuca), teria, inclusive, sido chamado para intervir no caso e o guarda agredido não teria registrado ocorrência por ordem da Secretário municipal de Ordem Pública (Seop).
— Quando chegamos à delegacia, já tinha dois carros da polícia lá e um inspetor do lado de fora. O caso morreu lá fora mesmo. É ridículo. O cara coagiu todo mundo (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

A OLIMPÍADA QUE VOCÊ NÃO VIU...



Prezados leitores, as grandes redes de televisão mostraram para o mundo quase todas as competições esportivas dos jogos olímpicos, mas não mostraram aspectos relevantes sobre a Olimpíada, como o fato da falta de transparência nos contratos celebrados, o que denunciamos nesse blog.
A seguir um aspecto muito importante também não noticiado para o mundo: as condições de trabalho dos Policiais Militares:

"Blog Pauta do Dia 
PMs enfrentam escalas desumanas e alimentação racionada nas Olimpíadas 
by robertatrindade 
Policiais lotados em Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) que foram colocados à disposição do 19º BPM (Copacabana) e do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) - para o reforço no policiamento durante os eventos previstos na programação dos Jogos Olímpicos - estão sendo obrigados a trabalhar em Regime Adicional de Serviço (RAS) Compulsório durante suas folgas também nas UPPs. 
"Estou há quatro dias consecutivos trabalhando na escala 12x24x36 e na segunda folga me colocam na UPP", desabafou um soldado que pediu para ter a identidade preservada com medo de represálias. 
Durante o dia, os PMs contam com o apoio de guardas municipais, que fornecem a eles garrafas de água. Já à noite, os policiais recebem dois kits lanche para dividirem entre quatro PMs. 
"Às vezes quando somos em cinco, ganhamos dois kits", lamentou (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

sábado, 20 de agosto de 2016

OLIMPÍADA - DENÚNCIA SOBRE NOVA CONTA PARA A POPULAÇÃO



Prezados leitores, circula uma mensagem nas redes sociais sobre a possibilidade de pagarmos mais uma conta da Olimpíada.
Não é uma informação oficial, mas nós devemos ficar atentos.
Eis a mensagem:

"Os cariocas vão começar a pagar a conta dos gastos olímpicos. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Light a repassar para as contas de luz do próximo mês o gasto de extra de R$ 432 milhões com o fornecimento de energia para a Olimpíada. Ou seja, a conta vai subir. Pelo caderno de encargos da Olimpíada cabia ao governo estadual bancar o fornecimento de energia para a Olimpíada. No final, com o Estado quebrado, todos os cariocas vão ter que dividir mais essa conta. É o legado olímpico da vergonha". 

Se for um boato, menos mal.
Se for verdade, não podemos aceitar.
PS - Após termos publicado o artigo, constatamos que o fato é tema de reportagem do jornal Extra (Leiam).

Juntos Somos Fortes!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

OLIMPÍADA: OS ASSALTOS DE VERDADE...



Prezados leitores, o nadador americano Ryan Lochte transformou uma confusão em um posto de gasolina em um assalto (roubo).
A fama do nadador fez com que o fato tivesse grande repercussão na imprensa nacional e internacional.
Primeiro, críticas ao Brasil.
Após as investigações da Polícia Civil, críticas ao nadador.
O fato gerou e continua gerando horas e horas nos noticiários no Brasil e no exterior.
Enquanto isso, ninguém sabe o número de registros feitos por turistas nacionais e estrangeiros que foram vítimas de roubos (ou furtos) de verdade.
A imprensa reforça uma frase do Secretário de Segurança Beltrame quando ele deu mais valor a um tiro disparado em Copacabana do que em uma comunidade carente do Rio de Janeiro.
O assalto de mentira do nadador Ryan Lochte ganhou mais importância do que todos os outros assaltos (ou furtos) praticados contra os turistas.
Os dados sobre os roubos (ou furtos) registrados pelos turistas está tão escondido quanto o valor dos contratos celebrados para a realização da Olimpíada, como já denunciamos nesse espaço democrático.
Vida que segue.

Juntos Somos Fortes!


quinta-feira, 18 de agosto de 2016

OLIMPÍADA: NEM OS VOLUNTÁRIOS POUPAM CRÍTICAS



Prezados leitores, a Olimpíada Rio 2016 está terminando e pode ser considerada um grande fracasso.
Ela foi um sucesso apenas para os governantes que, mais uma vez , constataram que a velha tática de dar ao povo "pão e circo" continua funcionando muito bem no Brasil do século XXI.
Os maus políticos e os maus empresários devem estar festejando e não estão fazendo isso de forma mais ostensiva por causa da Operação Lava Jato e do excelentíssimo Juiz Sérgio Moro.
É triste ver o povo brasileiro, apartado da cidadania básica, ser tratado novamente como palhaço no circo Brasil.
Nem os voluntários poupam críticas à Olimpíada onde tudo deu errado.

"Site G1 
17/08/2016 11h36 - Atualizado em 17/08/2016 20h37 
Voluntários relatam decepções com a Olimpíada
Ao G1, eles explicaram por que não continuaram atuando nos Jogos
Desorganização, restrição a protestos e grosseria de chefes foram citados. 
Aline Pollilo e Cristina Boeckel 
O comparecimento dos voluntários que se ofereceram para trabalhar na Rio 2016 é de aproximadamente 70%. O comitê Rio 2016 afirma que o número é suficiente para atender bem o público e que não sabe o motivo das desistências. 
Ao G1, porém, três deles explicaram por que não continuaram trabalhando na Olimpíada e relataram decepções. Os motivos citados são desorganização, revolta com as restrições políticas e até grosserias por parte de chefes de delegações (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

CPI DA OLIMPÍADA RIO 2016 PRECISA APONTAR CULPADOS



Prezados leitores, a CPI da Olimpíada deve apontar culpados por tudo de errado que aconteceu desde que a cidade foi erroneamente indicada para sediar os atuais jogos olímpicos e paraolímpicos.
Na Câmara de Vereadores os aliados do Prefeito Eduardo Paes (PMDB) têm feito de tudo para que a CPI não avance, por sua vez a população do Rio de Janeiro deve cobrar o prosseguimento e a identificação de todos os culpados para que sejam exemplarmente responsabilizados.
Deve ser a luta do povo contra o mau governo.
Pesquisando na internet encontramos o que acreditamos ser a notícia mais recente sobre o tema, caso algum leitor conheça notícia mais recente, por favor, nos encaminhe para publicação:

"Jornal O Dia 
12/07/2016 21:19:01
Justiça do Rio mantém funcionamento da CPI das Olimpíadas
'A instalação da comissão é líquida e certa, ninguém discute isso', justificou o magistrado na decisão
Agência Brasil 
Rio - A Justiça do Rio determinou nesta terça-feira que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Olimpíadas volte a funcionar imediatamente. O colegiado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) negou, por unanimidade, recurso da presidência da Câmara de Vereadores contra decisão da 7ª Vara de Fazenda Pública, que determinou a imediata instalação da CPI em mandado de segurança impetrado pelo vereador Jefferson Moura (Rede). 
A decisão do TJRJ ratificou o entendimento do relator do processo, desembargador Adolpho Corrêa de Andrade Mello Junior, que em abril havia negado a suspensão da liminar concedida em primeira instância. Com isso, a CPI das Olímpiadas está confirmada, e os parlamentares poderão dar continuidade aos trabalhos. “A instalação da comissão é líquida e certa, ninguém discute isso”, justificou o magistrado. 
Criada no início de abril, a CPI se destina a investigar, no prazo de 120 dias, o uso de recursos, incentivos e benefícios fiscais relacionados à realização dos Jogos Olímpicos do Rio. 
Batalha Judicial 
Logo depois de criada, a CPI teve a instalação barrada pelo presidente da Câmara, Jorge Felippe (PMDB), com a justificativa de que não havia fato determinado para criar a comissão. 
A Justiça determinou então a instalação da CPI no dia 12 de abril. O juiz Eduardo Antonio Klausner, da 7ª Vara de Fazenda Pública da capital, atendeu a um pedido de liminar em mandado de segurança impetrado pelo vereador Jefferson Moura (Rede). 
Na decisão, Klausner cita “as obras em realização para os Jogos Olímpicos e as decorrentes do Projeto Porto Maravilha, uma vez que, segundo o requerente, a 26ª fase da Operação Lava Jato, levada a cabo pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, apurou indícios de pagamentos indevidos envolvendo diretorias da empreiteira responsável por inúmeras obras, incluindo as realizadas no projeto do Porto Maravilha”. 
Porém, cinco dias depois, a CPI foi interrompida, quando alguns vereadores tentaram retirar as assinaturas para anular o pedido de abertura. Como é proibido pelo Regimento Interno retirar as assinaturas, o plenário da Câmara dos Vereadores, cuja maioria é aliada do prefeito Eduardo Paes, suspendeu os trabalhos até a Justiça julgar uma ação contra a composição da CPI. 
Entretanto, a Justiça mandou continuar os trabalhos, no dia 19 de maio, ao considerar no despacho a existência de “fortes indícios de ofensa à ordem judicial e a tentativa de obstrução ao prosseguimento dos trabalhos da CPI”. 
A presidência da Câmara recorreu da decisão judicial e, no dia 25 de maio, o desembargador Adolpho Andrade Mello, da 9ª Câmara Cível do TJRJ que havia concedido liminar pela continuidade dos trabalhos, determinou a suspensão da CPI (Fonte)".

Juntos Somos Fortes!

RIO - ELEIÇÃO - MENSAGEM DO MAJOR BM MARCIO GARCIA - 18193

Prezados leitores, publicamos o primeiro vídeo da campanha do Major Bombeiro Militar Marcio Garcia, nosso companheiro de lutas em defesa da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar (Link para o vídeo).




Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

O "ESTADO ISLÂMICO BRASILEIRO", OS POLICIAIS E A PENA DE MORTE

Prezados leitores, recomendamos que assistam o vídeo produzido por Joice Hasselmann.
Ela trata da pena de morte imposta pelos criminosos aos policiais, da farsa das UPPs, do "estado islâmico brasileiro" e outros temas relacionados com a insegurança e a violência. 





Juntos Somos Fortes!

OLIMPÍADA FOI UM FRACASSO COMPLETO E POVO VAI PAGAR AS CONTAS



Prezados leitores, os jogos olímpicos Rio 2016 serão lembrados como um fracasso completo para o Brasil, tanto no aspecto esportivo, quanto no aspecto financeiro. 
Pobre povo brasileiro.
É o palhaço do circo e nem percebe.

"Revista Veja 
Radar on-line 
Rombo da Olimpíada deve chegar a quase 300 milhões 
Por: Mauricio Lima 24/07/2016 às 13:55 
Depois que a tocha da Olimpíada se apagar, sobrará para governo e estatais uma conta milionária para pagar. Em função do cancelamento de alguns patrocínios, da menor venda de ingressos e do aumento dos gastos, o rombo do comitê olímpico deve chegar a quase 300 milhões de reais (Fonte)." 

Juntos Somos Fortes!

O ESCÂNDALO DO BRASILEIRÃO 2013 - ESCLARECIMENTO



Prezado leitores, no intuito de manter a todos informados, esclarecemos que continuamos aguardando a resposta do DIPO sobre a nossa reiteração de solicitação de informações sobre o procedimento a ser adotado para a obtenção de cópia das investigações promovidas pelo GAECO do Ministério Público de São Paulo.
Lembramos que segundo informações do Ministério Público as investigações foram encerradas e os autos foram encaminhados para o DIPO.
Não desistiremos de buscar a verdade.

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

COPA E OLIMPÍADA ENDIVIDARÃO RIO POR 10 ANOS



Prezados leitores, não custa lembrar que o Brasil não deveria realizar nem a Copa 2014, nem a Olimpíada 2016.
O país tem uma série de problemas a serem vencidos para garantir à população uma vida com dignidade.
Educação, segurança e saúde públicas estão entre os serviços que são responsabilidade do Estado e que não são prestados de forma eficiente, muito pelo contrário.
Apesar dessa realidade, os governantes não pensaram na população e insistiram na realização dos eventos, endividando o Rio de Janeiro por 10 anos.
Isso significa que será ainda mais difícil a população receber os serviços públicos na qualidade que merece e precisa.

"Notícias ao minuto 
Copa e Olimpíada deixarão Rio endividado por 10 anos, diz estudo
Segundo o pesquisador, o modelo de negócios desses grandes eventos precisa mudar para se adequar à realidade da população local 
Qual o legado que a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos deixarão para a cidade do Rio de Janeiro? 
O pesquisador suíço Christopher Gaffney, da Universidade de Zurique, levantou esse questionamento em um novo estudo, intitulado "Transforming Rio - for the benefit of whom?", em que revela que a dívida deixada por esses grandes eventos demorará 10 anos para ser paga pela cidade. 
Segundo o pesquisador, o modelo de negócios desses grandes eventos precisa mudar para se adequar à realidade da população local, que acaba sofrendo com a dívida deixada (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!