BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quinta-feira, 26 de abril de 2012

RIO: DELTA CONSTRUTORA PODERÁ VIRAR DEMOLIDORA (DE POLÍTICOS)

Prezados leitores, bom dia! 
Coluna Esplanada. 
PF plantou escuta na sala de Cavendish. 
Por Leandro em 25 de abril de 2012. 
A situação delicada da Construtora Delta vai além dos contratos firmados. 
Durante a Operação Monte Carlo, numa ação ousada, cinematográfica e com recursos de alta tecnologia, a Polícia Federal implantou escuta ambiental, com áudio e vídeo, no QG da empreiteira: na sala de Fernando Cavendish, o dono da empresa. Os poucos que sabem do caso já propalam que, se a PF ou o Ministério Público vazarem o que têm em mãos, será a CPI das Empreiteiras. 
Entre as quatro paredes do gabinete do quarto andar do Ed. Central, na Av. Rio Branco, no Centro do Rio, teria desfilado meia nata da turma do concreto nacional. 
O script da Delta repete o da Gautama, de Zuleido Veras, em 2006: na mira da PF, depois do CGU e do TCU. Uma vez inidônea, pode sumir do mercado. 
A Delta se adiantou e vai anunciar nesta quarta o afastamento do presidente Fernando Cavendish do cargo. Ele continua proprietário da empresa, mas acompanhando de longe a situação, dedicando-se à sua defesa. 
Juntos Somos Fortes!

2 comentários:

  1. INSEGURANÇA PÚBLICA - RIO DE JANEIRO

    A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) continua recebendo os piores salários do Brasil e já deverá abrir novo concurso público para soldado em 2013. O pedido de autorização será encaminhado em breve ao governador Sérgio Cabral (PMDB). A meta do Governo do Estado do Rio de Janeiro é investir apenas em quantidade, não se preocupando com a qualidade dos serviços que serão prestados à população fluminense.

    O pensamento dos governantes é, foi e sempre será aquele: "Se não estiver satisfeito, peça baixa!"

    ResponderExcluir
  2. Pela atual avaliação do judiciário brasileiro, se alguém for para a cadeia será uma piaba os tubarões, se farão de mortos e algum tempo depois retornará com um bom cargo no governo.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.