BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os livros publicados pelo Coronel Paúl, encaminhe e-mail para pauloricardopaul@gmail.com

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

POLÍTICO, EU SINTO NOJO DE VOCÊ

Prezados leitores, solicitamos que os que concordarem divulguem.





Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - POR QUE PEZÃO E PICCIANI NÃO VISITARAM CABRAL EM BANGU 8 ?



Prezados leitores, a contragosto temos que concordar com a deputada estadual Cidinha Campos, considerando que dessa vez ela tem razão, algo pouco comum.
O deputado estadual Jorge Picciani e seus familiares são amigos do ex-governador Sérgio Cabral e de seus familiares, isso há muitos anos.
O governador Pezão foi vice de Cabral por quase oito anos, portanto, eles possuem estreitos laços de amizade.
Qual a explicação para o fato de Pezão e Picciani ainda não terem visitado Sérgio Cabral em Bangu 8?
Cidinha Campos é amiga de Cabral, logo que foi possível foi visitá-lo, meio às escondidas é fato, mas cumpriu o seu papel de amiga.
Pezão e Picciani, por dever de amizade, devem visitar Sérgio Cabral em Bangu 8.
O jornal Extra publicou uma matéria sobre o desabafo de Cidinha Campos (Leiam).

Juntos Somos Fortes!

LAVA JATO: DEPUTADO RODRIGO MAIA DEMONSTROU NÃO ESTAR ESCUTANDO A VOZ DAS RUAS



Prezados leitores, os bons políticos, certamente eles existem, estão perdendo uma oportunidade gigante de buscarem alinhamento com os anseios populares, evitando assim que sejam levados pela tsunami de mudanças que o povo vai promover no poder legislativo.
O povo não aceitará mais a cleptocracia existente no Brasil e aumentará cada vez mais a pressão, isso nos parece irreversível.
De nada adiantará o esperneio dos maus políticos, como os ocorridos na calada da noite passada, eles serão varridos do parlamento, pela Operação Lava jato ou por outra.
Não passarão.

"Força-tarefa da Lava Jato repudia 'Lei do Terror' contra juízes e MP
Segundo os procuradores da força-tarefa, a pretensão de sujeitar membros do Ministério Público e do Poder Judiciário a crimes de responsabilidade é totalmente descabida.
29/11/2016 19:36h
Diante de notícias de que o Plenário da Câmara dos Deputados poderá apreciar, hoje (29/11), emendas e substitutivos que podem desfigurar as “10 Medidas Contra a Corrupção” e atentar contra a independência do Ministério Público e do Poder Judiciário, os procuradores da República da força-tarefa da Lava Jato manifestaram repúdio a "qualquer tentativa de aterrorizar procuradores, promotores e juízes em seu legítimo exercício da atividade de investigação, processamento e julgamento de crimes, especialmente daqueles praticados nas mais altas esferas de poder". 
Por meio de nota, os integrantes da força-tarefa salientaram que os membros do Ministério Público e do Poder Judiciário se sujeitam a quatro esferas de responsabilidade: civil, criminal, de improbidade administrativa e disciplinar. "A afirmação de que essas classes são uma 'casta privilegiada' ou 'intocável' são falsas e objetivam manipular a opinião pública. A impunidade dos crimes decorre de brechas do sistema de justiça criminal que serão fechadas caso sejam aprovadas as '10 Medidas Contra a Corrupção'. O endurecimento das leis proposto se aplica para todos, isto é, inclusive a promotores, procuradores e juízes", diz a nota. 
Segundo os procuradores da força-tarefa, a pretensão de sujeitar membros do Ministério Público e do Poder Judiciário a crimes de responsabilidade é totalmente descabida, uma vez que nem mesmo os próprios deputados e senadores estão sujeitos a esses crimes. 
Além disso, segundo, os procuradores, a proposta tornada pública atenta contra a independência do exercício da atividade ministerial e judicial. "Além de serem propostos crimes de redação propositalmente aberta, como faltar com o 'decoro do cargo', os quais são punidos com demissão (sem qualquer gradação), os próprios investigados poderão processar criminalmente os investigadores. Crimes excessivamente vagos dão margem a subjetivismo na aplicação da lei e perseguições, não toleradas pelo Direito Penal. Isso abre espaço para retaliação, vingança, intimidação e acovardamento, amordaçando o exercício legítimo da função", argumentam. 
Segundo os procuradores, a intenção de criminalizar a atividade específica do Ministério Público e do Judiciário apareceu repentinamente, não foi submetida a uma adequada discussão e não existem episódios recentes que justifiquem sua súbita introdução num pacote anticorrupção. "A única novidade é o risco que os poderosos estão sofrendo de responderem por seus crimes e pagarem pelo que fizeram. A reação defensiva contra as investigações, expressada em projetos descabidos na urgência e conteúdo, calcados em discussões inexistentes ou açodadas, não tem amparo em uma legítima necessidade de interesse público e caracteriza desvio de finalidade e conflito de interesses. Trata-se de evidente retaliação contra grandes investigações e a independência dos poderes".
Para os procuradores, o único modo de se vencer a impunidade de agentes públicos criminosos, que precisam e devem ser responsabilizados por suas condutas, independentemente da instituição à qual pertençam, é o aperfeiçoamento das leis. 
"As brechas que fazem o crime de poderosos compensar precisam ser fechadas para que tenhamos um efetivo Estado Democrático de Direito. Não haverá evolução se não forem endereçadas reformas no tamanho das penas, número infindável de recursos, sistema de prescrição, nulidades e instrumentos de recuperação de dinheiro que é fruto de crimes. Contudo, essas reformas devem ser realizadas por meio de uma discussão adequada, como aconteceu na Comissão Especial que discutiu as 10 Medidas, em que mais de 100 especialistas foram ouvidos, da Advocacia, Polícia, Judiciário, Ministério Público e sociedade civil" (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

CRISE FINANCEIRA - PENSIONISTAS - PROPOSTA



Prezados leitores, o governo Pezão tem solicitado a apresentação de propostas ao longo da crise financeira que os governos Sérgio Cabral e Pezão enfiaram o Rio de Janeiro.
Nós apresentamos a seguinte, considerando as enormes dificuldades que estão enfrentando: 
- Enquanto não for regularizado o calendário de pagamentos, propomos que as PENSIONISTAS integrem o primeiro grupo a ser pago.
Isso é justo! 

Juntos Somos Fortes! 

POLÍTICOS CORRUPTOS - NO DIA 4 DE DEZEMBRO O POVO VAI ENCHER AS RUAS DO BRASIL



Prezados leitores, após a desfiguração do projeto das "10 medidas contra a corrupção" por parte dos deputados federais, o povo deve dar a resposta nas ruas do Brasil no dia 4 de dezembro, às 10:00 horas.
Os atuais parlamentares não representam mais a vontade popular, portanto, só representam despesas para os cofres públicos.




Juntos Somos Fortes!



FENEME - AMANHÃ - REUNIÃO NO RIO DE JANEIRO - 10:00 HORAS



Prezados leitores, amanhã acontecerá reunião da FENEME na Rua Camerino, 114, Centro, Rio de Janeiro, a partir das 10:00 horas.
A reunião é muito importante diante das dificuldades vivenciadas pelos Policiais Militares e pelos Bombeiros Militares em alguns estados brasileiros.
Divulguem e participem.

Juntos Somos Fortes!

NOTA DA REUNIÃO DE PEZÃO COM CORONEIS PM



Prezados leitores, como publicamos foi realizada uma reunião no dia 28 no Palácio Guanabara com a participação do governador, do secretário de segurança de segurança, do comandante geral e de alguns Coronéis PM que estão assessorando o comando de forma voluntária e gratuita, neste momento tão difícil vivenciado pelos Policiais Militares, pelos Bombeiros Militares e pelos funcionários públicos(ativos, inativos e pensionistas).
Hoje tivemos conhecimento que deverá ser emitida oportunamente uma nota esclarecedora a respeito das propostas apresentadas.
É muito importante tal transparência para combater especulações.
Vamos aguardar e continuar lutando pelos nossos direitos.

Juntos Somos Fortes!

PACOTE ANTICORRUPÇÃO: O CONGRESSO NÃO REPRESENTA MAIS O POVO



Prezados leitores, como era esperado, os deputados federais legislaram em causa própria e alteraram o pacote anticorrupção.
Eis uma nova prova que só povo conseguirá mudar o Brasil, indo para as ruas cobrar mudanças radicais.
Os atuais parlamentares não representam a vontade popular, portanto, não nos servem para nada.
O parlamento é uma instituição que não funciona mais para a promoção do bem da população.

"Site G1
30/11/2016 04h25 - Atualizado em 30/11/2016 08h41
Câmara aprova projeto anticorrupção e inclui punição para juízes e MP
Parecer da comissão sofreu várias mudanças; texto segue para o Senado.
Das 10 medidas originais, apenas 4 foram mantidas, com modificações.
Fernanda Calgaro
Após mais de sete horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu na madrugada desta quarta-feira (30) a votação do pacote que reúne um conjunto de medidas de combate à corrupção. O texto segue agora para o Senado.
Ao longo da madrugada, os deputados aprovaram diversas modificações ao texto que saiu da comissão especial e incluíram temas polêmicos, como a punição de juízes e membros do Ministério Público por crime de responsabilidade. Essa previsão havia sido incluída pelo relator do texto, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), mas retirada pelo próprio relator posteriormente.
A emenda foi apresentada pela bancada do PDT e lista as situações em que juízes e promotores poderão ser processados, com pena de seis meses a dois anos de reclusão. A legislação atual já prevê o crime de abuso de autoridade, mas é mais genérica.
Entre as condutas que passariam a ser crime estariam a atuação dos magistrados com motivação político-partidária e a apresentação pelo MP de ação de improbidade administrativa contra agente público "de maneira temerária". Nesse caso, além de prisão, os promotores também estariam sujeitos a indenizar o denunciado por danos materiais e morais ou à imagem que tiver provocado.
Os deputados também rejeitaram a proposta que previa que os acordos de leniência (espécie de delação premiada em que empresas reconhecem crimes em troca de redução de punição) fossem celebrados pelo Ministério Público.
Outro trecho retirado tornava crime o enriquecimento ilícito de funcionários públicos e previa o confisco dos bens relacionados ao crime.
A criminalização do caixa dois (doação de campanha não declarada à Justiça Eleitoral), que foi centro de polêmica nos últimos dias, foi aprovada sem qualquer tipo de anistia para eleições anteriores. Pelo texto aprovado, a prática passa a ser condenada com pena de dois a cinco anos de prisão e multa.
O caixa dois praticado em eleições passadas continuará sendo enquadrado na legislação eleitoral de hoje. Em tese, quem tiver recebido dinheiro eleitoral ilegal pode responder por crimes como falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.
Texto original
O texto original do pacote anticorrupção tinha dez medidas e foi apresentado pelo Ministério Público Federal com o apoio de mais de 2 milhões de assinaturas de cidadãos (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES - PICCIANI ESTÁ JOGANDO GASOLINA NO FOGO

Paes, Cabral, Picciani e outros

Prezados leitores, o presidente da ALERJ, deputado estadual Jorge Picciani, não deve estar percebendo o clima de tensão que está crescendo na sua frente, diante da irritação dos militares estaduais (Bombeiros e Policiais Militares) e dos funcionários públicos com a votação do "pacote de maldades" do governador Pezão.
Ele deve cuidar das suas ações e das suas declarações.
Picciani está jogando gasolina no fogo.
A responsabilidade será dele caso as manifestações percam o caráter ordeiro e pacífico mantido na quase totalidade dos atos realizados.

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - TREZE DIAS ATRÁS DAS GRADES - COMEMOREMOS !



Prezados leitores, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) foi preso no dia 17 de novembro de 2016, quinta-feira (Assistam a reportagem) e encarcerado no presídio conhecido por Bangu 8.
Hoje, dia 30 de novembro de 2016, Cabral completa treze dias atrás das grades.
O dobro de dias que encarcerou ilegalmente Bombeiros e Policiais Militares em Bangu 1.
Comemoremos!

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - ADRIANA ANCELMO TRATANDO DA DEFESA DO MARIDO (E DA SUA...)



Prezados leitores, a ex-primeira dama do Rio de Janeiro não está parada.

"O Globo
BRASIL 
A passagem de Adriana Ancelmo por Brasília 
LAURO JARDIM22/11/2016 17:25 
Sem alarde, Adriana Ancelmo está se movimentando para ajudar o marido — e, por que, não?, a ela mesma. 
No domingo à noite embarcou no último voo no Santos Dumont para Brasília. Chegou no hotel Meliá 21 por volta da meia noite. 
Foi tratar da defesa de Sérgio Cabral, entregue a Aristides Junqueira, que mora na capital. E buscar outras opções de advogados para ajudá-lo.
Com os bens bloqueados, não se sabe como Adriana pagou a conta. Uma diária do Meliá 21, de acordo com sites de turismo, está em torno dos R$ 400 (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

terça-feira, 29 de novembro de 2016

PROTESTO EM BRASÍLIA - POLICIAL MILITAR FERIDO GRAVEMENTE

video
No Rio população começa a reconhecer valor dos PMs

Prezados leitores, nossas orações para o restabelecimento do Policial Militar que foi esfaqueado no protesto e está em estado grave.

"O Antagonista 
Policial esfaqueado 
Brasil 29.11.16 21:45
O deputado federal Alberto Fraga acaba de informar, no plenário da Câmara, que um policial militar foi esfaqueado pelos meliantes em ação nas ruas de Brasília -- a vítima está em estado grave
O Antagonista confirmou a informação com a PM (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

O DESESPERO DAS PENSIONISTAS DO RIO DE JANEIRO



Prezados leitores, mantivemos contato com uma pensionista que integra um grupo com cerca de 100 pensionistas da Polícia Militar.
Ela narrou a situação desesperadora que está sendo vivenciada por várias famílias sustentadas por viúvas de Policiais Militares, sendo que um grande número desses PMs foi assassinado em serviço, defendendo a população.
As pensionistas estão no último grupo para o recebimento do pagamento, o qual foi parcelado.
O governo Pezão deveria dar prioridade às pensionistas, elas recebem os pagamentos de menor valor.
É uma covardia deixá-las por último, priorizando os ativos, isso porque elas praticamente nada podem fazer em sua defesa.
É uma crueldade.
Nós opinamos que os Comandantes Gerais da PMERJ e do CBMERJ interajam com o governo estatual para que as pensionistas passem a ser o primeiro grupo a receber, enquanto os pagamentos não forem regularizados.

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES: CONFUSÃO NA ALERJ ENTRE MANIFESTANTES E POLICIAIS

Prezados leitores, um tumulto aconteceu no protesto na ALERJ






Juntos Somos Fortes!

MENSAGENS SOBRE REUNIÃO DO GOVERNADOR PEZÃO COM CORONÉIS PM ( ? )



Prezados leitores, nós temos solicitado no blog, no Twitter e no Facebook que seja emitida uma nota do grupo de Coronéis PM que ontem se reuniu com o governador Pezão.
É fundamental tal comunicação para por fim as especulações que acabam surgindo diante do silêncio sobre o que foi discutido e o que foi decidido.
Hoje circularam no Whats App duas mensagens que não podemos afirmar serem oriundas do grupo que se reuniu, mas que resolvemos publicar em razão de estarem circulando como se fossem.
A primeira mensagem absolutamente nada explica e solicita um sigilo que não existe mais.
A outra esclarece a formação do grupo, trata das reuniões realizadas, mas também nada informa sobre as propostas apresentadas no "sólido documento" que elaboraram.
Nós continuaremos aguardando uma nota que explique as propostas apresentadas ao Governador Pezão, torcendo que as mensagens abaixo não tenham origem no grupo que se autonomeou como nosso representante.

1) "Bom dia meu Irmão,
A reunião que durou mais de duas horas, teve uma exposição nossa. Na fala dele, abriu oportunidade para nós negociarmos e se mostrou afável com a nossa causa.
Expusemos todas as agruras e o risco que ele e todos nós corremos em nos tratar dessa forma.
Foi construtiva, nos abriu o caminho e nos deu tempo de apresentar outros caminhos.
Ganhamos tempo e espaço.
Avançamos muito.
O boca a boca, é importante para tranquilizar a todos, nesse momento é fundamental.
Não podemos deixar a informação atravessar os muros, pois, só perderemos.
Grande abraço"

2) "Boa noite. 
Para que todos os senhores fiquem tranquilos, até que o Cel Paulo Henrique possa atualizar o grupo sobre nossa saudável conversa de hoje com o senhor Governador, faço uma recapitulação dos passos que demos nos últimos dias. 
No sábado, dia 19 de novembro, tivemos a reunião deste grupo na Fazenda Marambaia, com a presença do senhor Cmt Geral, onde ficou decidido, por aclamação, que onze coronéis iriam, a partir de então, representar o grupo nas reuniões franqueadas pelo nosso Comandante. 
A partir daí fizemos três longos encontros no QG, na segunda, quarta e sexta-feira da semana passada. O resultado dessas reuniões foi a produção de um sólido documento, que primeiramente foi apresentado ao senhor Cel Dias, que, diga-se de passagem, está sendo o grande líder e incentivador do nosso trabalho. 
No dia de hoje, juntamente com o senhor Secretário de Segurança e o senhor Cmt Geral, fomos ao Palácio Guanabara, onde apresentamos ao senhor Governador, durante mais de duas horas, nossas propostas para o futuro de nossa amada PMERJ. 
Senhores, tenham certeza que estamos no caminho certo e, acima de tudo, sempre apoiados nos dois pilares que trouxeram nossa bicentenária Corporação até aqui: a Disciplina e a Hierarquia. 
Confiem em nós, pois a liga que nos une e nos motiva é a mesma, ou seja, é o Amor que temos pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro".

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES - PICCIANI IGNORA LUTA DOS MILITARES E DOS FUNCIONÁRIOS

Prezados leitores, o deputado estadual Jorge Picciani, presidente da ALERJ, parece não ter sido sensibilizado pela luta dos militares estaduais (Bombeiros Militares e Policiais Militares) e funcionários públicos.




"Jornal Extra
29/11/16 15:56 Atualizado em 29/11/16 15:57 
Picciani avisa aos servidores que manterá pacote em discussão, e marca datas das votações 
Nelson Lima Neto 
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB), informou aos líderes do Movimento Unificado dos Servidores (Muspe) de que não haverá a retirada do pacote de medidas proposto pelo governador Luiz Fernando Pezão. Os projetos serão votados e já têm datas definidas: de 6 a 20 de dezembro. Serão dois projetos por dia. O detalhamento será anunciado até a próxima sexta-feira.
O Muspe deverá realizar uma reunião, ainda nesta terça-feira, para avaliar a decisão de Picciani. Os servidores analisam a possibilidade de iniciarem movimentações de greve nos próximos dias.
— Não houve qualquer mudança no que estava previsto. A Alerj vai votar o pacote, e nós não concordamos com essa posição — disse Ramon Carrera, um dos líderes do Muspe (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES: ATO DE PROTESTO NA ALERJ

Prezados leitores, funcionários públicos e militares estaduais estão protestando em frente à ALERJ.

 Coronel PM Rosette

Coronel PM Paúl


Juntos Somos Fortes!

PS: Por motivo de saúde na família tivemos que deixar o local de protesto. 
Graças à Deus o problema foi contornado.

CHAPECOENSE, VIVE !

Prezados leitores, nossos pêsames aos familiares e aos amigos de todas as vítimas do acidente aéreo com a aeronave que conduzia a equipe da Chapecoense.




"Revista Isto É MUNDO 
Avião com jogadores da Chapecoense sofre acidente na Colômbia
29.11.16 - 06h03 
O avião que transportava o time da Chapecoense a Medellín caiu na noite de segunda-feira por “falhas elétricas”, no noroeste da Colômbia, onde o time catarinense disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. 
O jogo contra o Atlético Nacional foi cancelado pela Confederação Sul-Americana. 
As autoridades anunciaram pelo menos seis sobreviventes, mas a imprensa cita um número maior de sobreviventes, incluindo jogadores da equipe de Santa Catarina. 
Um jogador de 25 anos sobreviveu ao acidente, afirmou o prefeito do município de La Ceja, Elkin Ospina, que no entanto não divulgou a identidade do atleta. 
“Confirmado, a aeronave com matrícula CP2933 transportava a equipe @ChapecoenseReal”, explicou o aeroporto José María Córdova de Rionegro, que serve a cidade de Medellín, no Twitter. 
“A polícia nacional chegou ao local (do acidente) e está mobilizando toda a ajuda possível”, postou o aeroporto poucos minutos depois, explicando que o acidente ocorreu devido a uma “falha elétrica” 
De acordo como a mesma fonte, o avião transportava nove tripulantes e 72 passageiros, entre eles os jogadores do clube brasileiro.
“A informação que temos é de que a aeronave foi reportada como desaparecida às 21h30 (23h30 de Brasília) e o acidente foi registrado a cerca de 22h34 (23h34)”, informou à AFP um porta-voz da Aviação Civil. 
O avião da empresa Lamia saiu do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, fez uma escala em Santa Cruz de la Sierra, na Bolíviar e o acidente ocorreu na localidade Cerro Gordo, município de La Unión, na região de Antióquia, explicou a Direção dos Bombeiros da Colômbia em uma mensagem postada nas redes sociais. 
O acesso ao local, a 50 quilômetros de Medellín, só pode ser feito por terra devido “às condições climáticas”, acrescentou o aeroporto. 
A diretoria da Chapecoense divulgou um comunicado sobre o acidente. 
“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação”. 
A Aviação Civil da Colômbia explicou em um comunicado ter instalado um posto de comando unificado no aeroporto José María Córdova para cuidar da situação (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

SOMOS TODOS MORO ! VAMOS ENCHER AS RUAS DE CIDADANIA

Prezados leitores, vamos encher as ruas de cidadania.


video




Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES: ONDE FOI APLICADO DINHEIRO DA VENDA DOS QUARTÉIS ?

Sérgio Cabral e Jorge Picciani


Prezados leitores, o governo Cabral-Pezão vendeu quartéis da Polícia Militar em áreas nobres do Rio de Janeiro.
Nós queremos saber:
- O valor arrecado nas vendas?
- Onde foi aplicado o dinheiro?
- Quem comprou?

Juntos Somos Fortes!

ESTADO DE GUERRA - ADVOGADO MARCOS ESPÍNOLA





Prezados leitores, transcrevemos artigo do advogado Marcos Espínola.

"Jornal O Dia 
Estado de guerra 
Avanço no número de baixas é alarmante, e contabilizamos índices compatíveis às regiões em guerra 
27/11/2016 23:00:00 
Rio - A segurança pública no Brasil é um problema crônico. Exemplo mais emblemático desse caos é o Rio de Janeiro. O avanço no número de baixas é alarmante, e contabilizamos índices compatíveis às regiões em guerra. Entre 2011 e 2015, foram assassinadas mais pessoas que na Síria, sendo mais de 278 mil brasileiros contra pouco mais de 256 mil sírios. Dados que demonstram a necessidade de um plano de segurança voltado para a proteção da vida humana, incluindo os agentes públicos que dão suas vidas para proteger outros milhões. 
O helicóptero da PM que caiu na Cidade de Deus significa a morte precoce de quatro cidadãos trabalhadores e o estado de guerra a que chegamos. Esse cenário comprova a urgência de ações integradas em nível federal. É inadmissível, por exemplo, em 20 anos (entre 1994 e 2015), termos mais de 3,2 mil mortes de policiais no Rio, segundo dados da própria PM, apresentados na CPI dos policiais mortos. Destes, 80% foram PMs. Quantidade expressiva que se soma a inúmeras outras vítimas da violência. 
Ações de inteligência juntando as Forças Armadas nas fronteiras e todas as polícias se fazem necessárias para mudar o jogo, no qual a marginalidade, portando armas de guerra, desafia a polícia, com armamento inferior. A sociedade como um todo está acuada e privada de circular livremente. Não podemos aceitar essa inversão de valores. 
Em tempos de busca por mudanças de rumo para o país, esse assunto não pode ficar de fora. A ideia de que segurança pública é responsabilidade dos estados já foi por terra. O país está em risco. O povo, independentemente do seu sotaque, está em perigo. Essa garantia constitucional não pode mais ser ignorada e tampouco ser moeda de troca por votos em comunidades que concentram verdadeiros exércitos de narcogerrilheiros. 
Há caminhos para isso. A debandada dos bandidos no Complexo do Alemão, em 2010, a recente ação na Cidade de Deus após a queda da aeronave, as estratégias para a realização da Copa e da Olimpíada são provas de que é possível o poder público sufocar os criminosos. 
Respeito e acredito em todos os agentes de segurança no combate à marginalidade. Se derem para eles condições de trabalho, podemos e devemos seguir em frente, não baixando a guarda e lutando contra o inimigo com todas as forças e nos limites da lei (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

PEZÃO SE REÚNE COM CORONÉIS PM. QUAL FOI O RESULTADO?

Prezados leitores, nesta noite fotos circularam nos grupos de Whats App de uma reunião realizada entre o governador Pezão, o secretário de segurança Roberto Sá, o Comandante Geral da PMERJ Coronel PM Dias e outros Coronéis PM inativos.
Apenas as fotos foram divulgadas, nada foi dito sobre os resultados práticos da reunião.






Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - JUSTIÇA BLOQUEIA IMÓVEIS DA MULHER DE CABRAL

Prezados leitores, o cerco está apertando.




"Jornal O Globo 
Justiça determina o bloqueio de imóveis da mulher de Cabral
Para o MP, há evidências de que Adriana Ancelmo atuou no esquema de corrupção liderado pelo marido 
RUBEN BERTA 28/11/2016 19:47 / atualizado 28/11/2016 20:22 
RIO — A pedido do Ministério Público, o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Brêtas, determinou nesta segunda-feira o bloqueio dos bens imóveis da mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, e de seu escritório Ancelmo Advogados. O objetivo é assegurar, segundo Brêtas, a efetividade de eventual condenação penal (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES - PICCIANI DEVE DEVOLVER PACOTE PARA PEZÃO



Prezados leitores, amanhã, os funcionário públicos e os militares estaduais (Bombeiros e Policiais Militares) precisam pressionar pela devolução do pacote de maldades para o governador Pezão.

"Jornal O Dia
Movimento dos Servidores pressiona por suspensão do pacote de Pezão
Reunião com Picciani ocorre nesta terça-feira. Caso o pedido não seja atendido, sindicalistas prometem fazer greve geral em 7 de dezembro. 
28/11/2016 11:00:00 
Rio - O primeiro item do documento entregue pelo Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Rio (Muspe) aos deputados da Alerj na terça-feira passada pede a retirada da pauta integral e imediata do pacote de austeridade do governo. E, amanhã, o Muspe se reunirá novamente, às 9h30, com o presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB), e líderes partidários para cobrar resposta sobre a devolução do pacote ao Executivo. Se o pedido não for atendido, sindicalistas prometem greve geral em 7 de dezembro (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - AS JOIAS DO GOVERNADOR PEZÃO


Prezados leitores, quais foram os resultados das investigações sobre o assalto ocorrido no apartamento do então vice-governador Pezão?




Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - LAVANDERIA DE JÓIAS CARÍSSIMAS



Prezados leitores, a lavagem explícita e luxuosa de dinheiro.

"O Antagonista
Lavanderia de rubis 
Brasil 28.11.16 06:53
Sérgio Cabral e sua mulher gastaram mais de 7 milhões de reais em jóias, pagas com dinheiro vivo. 
O Fantástico mostrou algumas delas, como o anel de rubi de 600 mil reais. 
A H. Stern só emitiu notas fiscais das jóias depois da prisão de Sérgio Cabral. A joalheria Antonio Bernardo não emitiu notas fiscais nem depois da prisão (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!.

PRISÃO DE CABRAL - A "RIQUEZA" DE SÉRGIO CABRAL

Prezados leitores, conheçam "Riqueza" e "Meu Anjo".




"O Estadão
A 'Riqueza' na vida do ex-governador do Rio Sérgio Cabral 
Advogada de 46 anos é suspeita de lavagem de dinheiro e de ter se beneficiado de esquema de desvios no Rio de Janeiro 
RIO - A “Riqueza” na vida do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) também atendia pelo nome de Adriana Ancelmo. Na intimidade, esse era o apelido da ex-primeira dama do Estado, de 46 anos – que costumava devolver o gracejo com um singelo “Meu Anjo”. No último dia 22, depois de alguns dias de separação, “Riqueza” visitou “Meu Anjo”. Ele está no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, para onde foi levado, preso, pela Polícia Federal. 
No flagrante fotográfico da visita ao sistema prisional, Adriana usa óculos escuros, uma camiseta clara (acompanhada por uma malha preta e fina sobre os ombros) e brincos vistosos. É possível imaginar que aquele par tenha sobrevivido à devassa policial no apartamento em que ela morava com o marido, no Leblon. Lá, foram encontrados outros 22 pares de brincos, três colares, sete anéis, uma pulseira, sete relógios e um pingente. Peças caras (ouro, esmeralda, rubi...), compradas em joalherias como H.Stern e Cartier. Em seu conjunto, a foto não transmite sinais de sofrimento. Ao contrário, o que se vê ali é discrição, poder e, claro, a própria “Riqueza”. 
Nascida em São Paulo, Adriana mudou com a família para o Rio quando tinha 5 anos. De classe média, estudou em colégios públicos e se formou em direito pela PUC. No período em que Cabral foi presidente da Assembleia Legislativa, em 2001, ela já atuava como procuradora assistente da Casa. 
As lendas ao redor do namoro, alimentadas pelo próprio casal, dão conta de que eles se conheceram em um dos elevadores da Alerj – e que foi Adriana quem deu o primeiro passo, apresentando-se para o político ascendente, que presidiu a Assembleia de 1995 a 2002. Na época, ela vivia com o advogado Sérgio Coelho, seu sócio no escritório Coelho, Ancelmo & Dourado. O casamento de Adriana e Cabral ocorreria em 2004, três anos depois do primeiro encontro. Foi descrito como “um festão para 900 convidados, no mítico Copacabana Palace”, por um jornal local. O casal teve dois filhos. 
Adriana não foi uma primeira dama vocacionada. No começo, claro, envolveu-se em projetos sociais, organizou jantares beneficentes e cumpriu o papel de “bela, recatada e do lar”. Mas, tirando um ou outro momento em que ciceroneou estrelas internacionais do calibre de Madonna e Carla Bruni, Adriana não demonstrou paciência para cumprir o protocolo. 
Não à toa, preferiu concentrar-se na advocacia. No começo, ainda no pequeno escritório que mantinha com o ex-marido e, mais tarde, na estrutura mais agigantada da Ancelmo Advogados. Nos dois escritórios, manteve em sua carta de clientes uma série de concessionárias do serviço público estaduais. Durante o período em que Cabral foi governador, esse conflito de interesses foi levantado pelo Estado, mas sempre rechaçado pelo casal. Embora os quadros do artista plástico pernambucano Romero Britto, apreendidos pela PF durante a Operação Calicute, que levou o “Meu Anjo” para Bangu, passem uma mensagem de “novo riquismo”, Adriana não era uma socialite típica. Quase não era vista em colunas sociais – salvo um ou outro clique na saída do Gero (restaurante caríssimo do Rio). 
Quem a transformou em uma personagem mais midiática foi o ex-governador Anthony Garotinho (PR). Em sua vendeta contra Cabral, Garotinho usava o próprio blog para divulgar fotos da vida “nababesca” do casal. Na publicação, imagens de Adriana em Paris, exibindo o seu sapato Christian Louboutin, um dos mais caros do mundo (hoje custa R$ 3.380) ou pulando com o marido em um show do U2, em Nice, no sul francês. Garotinho foi “furado”, porém, no caso do anel de ouro, o tal presente de Cabral para a mulher, comprado na famosa joalheria Van Cleef & Arpels, na Place du Casino, em Mônaco, por R$ 800 mil. O mimo teria sido devidamente bancado pelo amigo Fernando Cavendish, cuja construtora cresceu significativamente com obras que ganhou no governo fluminense. 
Assim, quando a Operação Lava Jato escancarou o fato de que parte da propina recebida por Cabral seria usada em compras pela ex-primeira-dama, o efeito entre os cariocas não foi aquele “Jura? Não acredito!” 
Agora, “Riqueza” é suspeita de lavagem de dinheiro e de ser beneficiária do esquema criminoso, que seria chefiado por “Meu Anjo”. Não se sabe o que os dois conversaram em Bangu. Talvez tenham apenas aceitado as novas circunstâncias como coisas da vida (Fonte)". 

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES: DIA 29/11 - 10:00 HORAS - PROPOSTA DE PAUTA



Prezados leitores, a mobilização dos militares estaduais e dos funcionários públicos terá um novo ato de protesto na próxima terça-feira, dia 29 de novembro, às 10:00 horas.
Salvo melhor juízo, o momento é de definirmos uma pauta comum, a qual deve ser negociada pelos presidentes das associações e dos sindicatos com o presidente da ALERJ.
É cansativo ficarmos horas e horas sob o sol sem obtermos resultados concretos.
A nossa principal luta é pela regularização dos nossos pagamentos, não podemos esquecer, tendo em vista que os itens que nos afetam no denominado pacote de maldades, não resistem a uma avaliação do Poder Judiciário.
Diante dessa realidade, nossos representantes (os presidentes dos sindicatos e das associações) devem negociar a devolução do pacote para o Palácio Guanabara.
Definida essa parte, a nossa luta deve ser deslocada para o Palácio Guanabara, a sede do Poder Executivo, que tem a obrigação de regularizar os pagamentos.
Ratificamos, após a devolução do pacote, nossos protestos precisam ser em frente ao Palácio Guanabara.
É hora de obter vitórias, isso de forma organizada, ordeira e pacífica, mas determinada.

Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES: PEZÃO DIZ QUE NÃO TEM COMO PAGAR 13o SALÁRIO



Prezados leitores, o governador Pezão prestaria um ótimo serviço para a população do Rio de Janeiro se renunciasse e se o seu vice o acompanhasse.

"Jornal Extra 
27/11/16 05:00 
Governo do Rio não tem como pagar 13º salário dos servidores. União é a ‘salvação’ 
Nelson Lima Neto 
Entre pessoas próximas ao governador, já é consenso que o 13º salário dos servidores não será pago em 2016. Hoje, a única possibilidade de o abono natalino sair é se a União ajudar o governo do estado nos mesmos moldes do que fez por ocasião dos Jogos Olímpicos, quando foram repassados R$ 2,9 bilhões para investimentos em Segurança. Fora essa possibilidade, não há qualquer chance de pagamento.
— O 13º salário não é um assunto tratado. Há preocupação quanto ao pagamento do salário de novembro. Apenas a Segurança deverá receber em dia (até o 10º dia útil). O restante receberá somente perto do Natal — disse uma fonte.
A opinião é compartilhada pelo Legislativo. Para o deputado estadual Luiz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB), o Rio precisa de, no mínimo, R$ 7,5 bilhões para fechar suas contas este ano.
— São três folhas que giram em torno de R$ 2,5 bilhões, contando todos os Poderes. O governo precisa encontrar alternativas imediatas para fechar essa conta — avaliou o deputado (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - MINISTRO QUE AVALIARÁ HC DE CABRAL JÁ VOTOU PELA SOLTURA DE CAVENDISH



Prezados leitores, o Ministro do STJ que vai avaliar o HC de Sérgio Cabral já votou pela soltura de Fernando Cavendish e Carlinhos Cachoeira.

"Site G1
16/08/2016 19h05 - Atualizado em 16/08/2016 19h42
STJ manda tirar da cadeia Fernando Cavendish e Carlinhos Cachoeira
Ambos ficarão em recolhimento domiciliar com tornozeleira eletrônica.
Decisão também beneficiou empresários presos na Operação Saqueador.
Renan Ramalho
Do G1, em Brasília
A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira (16) converter a prisão preventiva do ex-dono da construtora Delta, Fernando Cavendish, e do contraventor Carlinhos Cachoeira em medidas alternativas.
Também foram beneficiados oss empresários Adir Assad, Cláudio Abreu e Marcelo Abbud.
Com a decisão, eles ficarão em recolhimento domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica. Além disso, deverão entregar seus passaportes e ficarão impedidos de deixar o país.
No julgamento do pedido de liberdade, a votação ficou empatada. O relator, ministro Antonio Saldanha, defendeu a substituição da prisão preventiva pelas medidas alternativas e foi acompanhado por Nefi Cordeiro.
Contra os pedidos de liberdade votaram Rogerio Schietti e Maria Thereza de Assis Moura. O outro ministro da Turma, Sebastião Reis, se absteve de participar da decisão.
Como o empate beneficia o investigado, Cavendish e Cachoeira tiveram os pedidos atendidos.
Cachoeira e Cavendish foram presos preventivamente em junho na Operação Saqueador, da Polícia Federal. A operação prendeu suspeitos de envolvimento em um esquema de lavagem de R$ 370 milhões desviados dos cofres públicos (Leiam mais)". 

Juntos Somos Fortes!

domingo, 27 de novembro de 2016

PRISÃO DE CABRAL - MINISTRO DEVE SE DECLARAR IMPEDIDO DE AVALIAR HC



Prezados leitores, salvo melhor juízo, o Ministro do STJ irá se declarar impedido de avaliar o HC de Sérgio Cabral.
Ouvimos que ele já deferiu um HC do Cavendish, dado a ser confirmado.

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - CABRAL SE ACHAVA O "GÊNIO DO MAL"



Prezados leitores, Cabral se achava o gênio do mal.

"Revista Veja
Maurício Lima
Radar On-line
Para não deixar registros, Sérgio Cabral costumava ir de Paris para Genebra de carro
Gabriel Mascarenhas - 27/11/2016
Quando era governador, por mais de uma vez, Sérgio Cabral aterrissou em Paris e foi até Genebra de carro, a 540 quilômetros dali. Por que não pegar um avião? Cabral não gostava de deixar registros de sua entrada na Suíça (Fonte)".

Juntos Somos Fortes!

PRESIDENTE DA ALERJ JORGE PICCIANI DIZ QUE CABRAL É INOCENTE



Prezados leitores, qual terá sido o resultado da investigação desses fatos?
O deputado Jorge Picciani declarou que Sérgio Cabral vai provar sua inocência (Leiam), só não esclareceu em quais crimes, pois está sendo acusado de inúmeros.

"Jornal O Globo
Visitas a Picciani unem fiscais e empresário envolvido em fraude
Inspetores de ICMS e dono do Grupo Petrópolis se reúnem na firma do presidente da Alerj
por Chico Otavio / Luiz Gustavo Schmitt
03/04/2016 6:00
RIO - O relógio da recepção marcava 8h01m naquela sexta-feira, 2 de junho de 2014, quando três homens subiram juntos à sala 305 do bloco 4 do condomínio O2 Corporate & Offices, na Barra da Tijuca. Um quarto visitante seguiu dois minutos depois. O destino do grupo era a Agrobilara, empresa de pecuária da família do presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB). A recepção os identificou como Carlos Sérgio Silva Janiques, Cláudio Portugal Gonçalves, Allan Dimitri Chaves Peterlongo (o que subiu depois) e Arnaldo Kardec da Costa. Os três primeiros, fiscais de ICMS no Rio, chefiavam as inspetorias de fiscalização de Supermercados, Bebidas e Substituição Tributária. O quarto, Kardec, é contador e braço direito do empresário Walter Faria, dono do Grupo Petrópolis, fabricante da cerveja Itaipava, cuja trajetória é marcada por suspeitas de envolvimento em casos de fraudes tributárias.
As três inspetorias compõem um grupo de unidades especializadas da Secretaria estadual de Fazenda do Rio, que responde por 80% da arrecadação do ICMS fluminense e só atua com grandes contribuintes (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - OS INDÍCIOS DE CRIMES DE CABRAL NÃO PARAM DE SURGIR



Prezados leitores, a situação de Sérgio Cabral se agrava a cada hora.
Não param de surgir fortes indícios de práticas ilegais por parte do ex-governador.
Tudo leva a crer que Cabral será condenado por vários crimes e passará um bom tempo na cadeia.

"Revista Veja
Brasil, Política
Coaf aponta R$ 101 mi em ‘operações suspeitas’ ligadas a Cabral
Grupo empresarial pagou quase R$ 11 mi a empresa fantasma de operador do ex-governador. Imobiliária liga assessor de Cabral a concessionárias investigadas
Por Leslie Leitão e Luisa Bustamante
26 nov 2016, 15h24 - Atualizado em 26 nov 2016, 16h29
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou uma série de transações atípicas em pelo menos oito concessionárias de veículos que, segundo as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF) seriam ligadas a Sérgio Cabral, preso na semana passada durante a Operação Calicute. Em um Relatório de Inteligência Financeira (RIF), o órgão enumera uma série de operações classificadas como suspeitas que totalizam mais de 101 milhões de reais. Dessa montanha de dinheiro, 10,9 milhões de reais, ou seja, 10%, foram depositados – entre os anos de 2007 e 2014 – na conta da empresa LRG Agropecuária (antiga Gralc Consultoria), registrada em nome de Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, conhecido como Piuzinho, que segundo os procuradores é o contador do ex-governador.
O valor representa a maior fatia do faturamento de 13,9 milhões da LRG/Gralc ao longo dos anos. De acordo com o MPF, as oito concessionárias de veículos que têm relações estreitas com o PMDB pertencem à mesma família: Eurobarra Rio Ltda.; Dirija Niterói Distribuidora de Veículos Ltda.; Barrafor Veículos Ltda.; Disbarra Distribuidora Barra de Veículos Ltda; Americas Barra Rio Ltda.; Klahn Motors Distribuidora de Veículos Ltda.; Space Distribuidora de Veículos S/A. e Carcom Promotora de Negócios Ltda. “Através da presente investigação não foi, portanto, evidenciada qualquer prestação de serviço efetiva por parte da empresa Gralc Consultoria às empresas”, descrevem os procuradores no pedido de prisão do grupo (Fonte)".

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - A PRESSÃO AUMENTA CONTRA PEZÃO

Prezados leitores, o presidente da ALERJ, permanece inerte e não dá andamento ao processo de impeachment do governador Pezão, mas o Ministério Público e o Poder Judiciário não estão dando trégua ao herdeiro de Sérgio Cabral.
É interessante como Sérgio Cabral e família apreciavam joias caríssimas, enquanto joalherias conseguiam isenções fiscais.




"Jornal O Dia
Justiça intima Pezão a esclarecer pessoalmente isenção fiscal a joalheria
Juíza deu prazo de 48 horas para governador explicar benefício fiscal dado este ano retroativo a 2013 para a Sara Joia
25/11/2016 19:42:35
Agência Brasil
Rio - A juíza Fernanda Rosado de Souza, da 3ª Vara da Fazenda Pública, intimou nesta sexta-feira o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, para que explicar esclarecimentos a respeito do benefício fiscal dado este ano retroativo a 2013 para a joalheira Sara Joias. A juíza deu prazo de 48 horas para a prestação de esclarecimentos. A assessoria do governador Pezão não se manifestou sobre a decisão da Juíza.
No dia 24 de outubro, a mesma vara proferiu liminar que congelava a concessão de isenções fiscais até que o governo estadual detalhasse os benefícios para elucidar se as isenções haviam contribuído para a crise financeira no estado. Entretanto, nos dias 4 e 18 de novembro, o governo publicou no Diário Oficial portaria com retificações do regime tributário especial à joalheria. Em portaria anterior, com data que antecede a determinação da Justiça, limitava a concessão do benefício a 31/12/2015. A data foi retirada, sem encerramento da benesse fiscal, na portaria mais recente. Se ficar provado que houve desobediência, Pezão pode ser multado em R$ 20 mil (Leiam mais)".

Juntos Somos Fortes!

PRISÃO DE CABRAL - CABRAL DÁ VERBA A EMPRESA DE IRMÃO DE SÉRGIO CÔRTES



Prezados leitores, recordar é viver.
Um dia a impunidade do governo Cabral-Pezão tinha que acabar.
O dia chegou.
Sérgio Cabral está preso há uma semana em Bangu 8 com alguns aliados.

"Folha de São Paulo
Folha denuncia mais uma irregularidade de Cabral, que dá verba a empresa de irmão de secretário
Posted on agosto 30, 2012 by Tribuna da Internet
Marco Antônio Martins (Folha de S. Paulo)
Uma empresa administrada pelo irmão do secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Sérgio Côrtes, obteve R$ 5 milhões de financiamento do governo do Estado. O dinheiro para a DFV Comercial e Industrial Ltda foi liberado antes de a empresa possuir a licença completa para funcionar.
A verba saiu em 2 de dezembro de 2010, sendo que as autorizações de funcionamento foram concedidas pelas secretarias de Ambiente e da Saúde apenas em junho e dezembro de 2011, respectivamente.
A apresentação de toda a documentação é uma das exigências para que empresas ganhem o incentivo público no Rio, segundo informação passada no início da semana por Maurício Chacur, presidente do Investe Rio, programa de crédito do governo.
Após a reportagem constatar a situação insuficiente da documentação, voltou a entrar em contato com o órgão, mas a assessoria de imprensa deu versão diversa. Afirmou apenas que basta a licença de instalação para que haja a liberação. A Folha não conseguiu falar novamente com Chacur (Leiam mais).

Juntos Somos Fortes!

DIA 4 DE DEZEMBRO - O POVO BRASILEIRO VOLTARÁ ÀS RUAS

Prezados leitores, dia 4 de dezembro, todos nas ruas do Brasil defendendo a Operação Lava Jato.


video


Juntos Somos Fortes!

PACOTE DE MALDADES - DIA 29 - 10:00 HS - PROTESTO NA ALERJ

video


Prezados leitores, no dia 29 (terça-feira), às 10:00 horas, militares estaduais (Bombeiros e Policiais Militares) e funcionários públicos irão cobrar a retirada do "pacote de maldades" da ALERJ e a sua devolução para o Palácio Guanabara.

Juntos Somos Fortes!

sábado, 26 de novembro de 2016

MAUS POLÍTICOS, FUJAM !

Prezados leitores, os maus políticos não estão entendendo o recado do povo.





Juntos Somos Fortes!

COMANDANTE GERAL REÚNE ASSOCIAÇÕES DE CLASSE




Prezados leitores, ontem, o Cel PM Wolney Dias Ferreira reuniu no GCG da PMERJ os principais representantes das Associações representativas de Oficiais e Praças da Corporação a fim de receber propostas dos diversos círculos hierárquicos em contraponto ao “pacote de austeridade” do Governo Estadual em tramitação na ALERJ, bem como para universalizar a informação divulgando as ações que vem sendo implementadas e as subsequentes. O saldo foi positivo e tais reuniões, segundo o Cel PM Wolney, terão periodicidade durante seu Comando.
Presentes ao eventos, além do Cmt Geral, os Cel PM Maia – DGP, o Cel PM Oderlei – GCG, e os Presidentes e Representantes da AOMAI – Associação de Oficiais Ativos e Inativos da PMERJ/CBMERJ; ASSINAP; ASPOM e ASPRA. 

Juntos Somos Fortes!