BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

sábado, 26 de novembro de 2016

PACOTE DE MALDADES: QUEM DEVE PAGAR PELO ROMBO NAS CONTAS ?



Prezados leitores, o rombo nos cofres públicos que gerou a atual crise financeira não caiu do céu da noite para o dia, ele foi sendo construída por dois fatores: a péssima gestão do governo e a inércia dos órgãos de fiscalização das atividades do governo, isso é fato.
Como é verdade que os funcionário públicos e os militares públicos não deram causa ao problema, eles são vítimas.
Salvo melhor avaliação. podemos relacionar alguns dos possíveis responsáveis e que deveriam ressarcir os cofre públicos, após as devidas investigações:
- o ex-governador Sérgio Cabral.
- o atual governador Pezão, que era vice de Cabral.
- O atual vice Dornelles.
- Os secretários estaduais dos governos Cabral e Pezão.
- Todos os deputados da ALERJ no período dos dois governos.
- Todos os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado nos dois governos.
Não podemos esquecer que o Ministério Público também deixou muito a desejar na fiscalização das inúmeras denúncias que surgiram ao longo dos dois governos.
Por derradeiro, a imprensa que apoiou muitos mal feitos dos dois governos.
Infelizmente, não temos que fazer com que os dois últimos responsáveis ressarçam os cofres públicos, mas é hora de apurar responsabilidades, punir e recuperar o dinherio público que foi mal gerido ou desviado.
Nós, os funcionários públicos e os militares estaduais, só queremos os nossos direitos, não temos qualquer responsabilidade pelo rombo e não pagaremos por ele.

Juntos Somos Fortes!

Um comentário:

  1. Resposta: o Pinóquio, o Mãozão, o focinho de buldogue, a múmia e todos os seus asseclas e secretários ladrões. Cabe também ao Judiciário resgatar os valores roubados e restituí-los aos Tesouro Estadual.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.