BLOG DO CORONEL PAÚL

JORNALISMO INVESTIGATIVO E INDEPENDENTE.

LIVROS ESGOTADOS

Prezado leitor, caso esteja interessado em obter informações sobre os próximos livros a serem publicados pelo Coronel Paúl, basta encaminhar e-mail para pauloricardopaul@gmail.com e forneceremos informações.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

VÍDEO - RIO - POLICIAIS DEVEM SER PROIBIDOS DE ENTRAR EM COMUNIDADES CARENTES ( ? )

Prezados leitores, os policiais devem ser proibidos de entrar em comunidades carentes dominadas pelo tráfico de drogas? 
Assistam e opinem. 





Juntos Somos Fortes!

6 comentários:

  1. Cel Paúl, sou seu fã e o senhor sabe disso. Concordo praticamente com tudo que falou neste vídeo. Porém, alguns detalhes precisamos trazer:

    1- O complexo da maré e do Caju, por exemplo, têm ruas largas que, em tese, permitem a circulação de viaturas policiais e de outros carros do serviço público.
    Experimente patrulhar aquelas vias.

    2- O prefeito César Maia já tinha experimentado o projeto "Favela Bairro" há alguns anos
    Experimente patrulhar aquelas vias.

    Não tem fórmula mágica para permitir o policiamento ordinário nesses locais que são verdadeiros estados independentes. A idéia de proibir a presença da PM em favelas, de fato remete ao canalha do Brizola: parece uma espécie de favorecimento à venda de drogas. Porém, neste cenário onde apenas a PMERJ se dispõe a "reprimir" tal crime, é mais do que necessário não permitir que a instituição seja "a mulher de malandro" (aquela que leva porrada todo dia, mas não separa do agressor). O melhor mesmo é retirar as escolas dessas pocilgas e deixar que favelados e bandidos se entendam pelas leis que eles adoram: a lei do dono do morro. Não haverá roubo, estupro, brigas, violência policial nem aquelas operações malucas que o policial "sempre entra atirando". Olha que beleza... Bailes funk, maconha, cocaína e sexo sem os "malditos PMS" trazendo a morte a tira colo. O melhor de tudo: não teremos soldados mutilados nem mortos pelo emprego de armas de guerra; Ongs, OAB, Globo, Juizes, Promotores, Defensores Públicos vão parar de massacrar a PMERJ; ainda por cima, teremos um efetivo gigantesco para humanizar as escalas de serviço e patrulhar o asfalto adequadamente.
    Está na hora de frear tantas mortes dos nossos policiais e inocentes. Está na hora da União fazer a sua parte. Está na hora de assumirmos o nosso "insignificante" lugar no sistema, no mecanismo estatal, no capítulo da Segurança Pública da Constituição Federal. Enquanto nossos administradores estão concentrados em nivelar a carreira do oficial à carreiras juridicas (uma bobagem, aliás), nossos Soldados morrem diaroamente e a PMERJ vai ficando mais moribunda. Como se dizia no meu curso de Soldado: cada cão que lamba a sua "pata". Deixemos as polícias civil e federal descascarem seus abacaxis, e vamos fortalecer a nossa PMERJ (PO e RP, o resto é invencionice).
    Quem estiver acreditando nessa argamassa do Crivela (argamassa que blinda paredes), estará batendo palmas para político e colocando o risco na conta da PMERJ.
    Pense nisso.

    Sgt Foxtrot

    ResponderExcluir
  2. Opinião formidável! Parabéns! Esse vídeo deveria circular por todas as universidades.

    ResponderExcluir
  3. Esta quadrilha não será capaz de fazer em cem anos, o que a quadrilha do cabral fez em um anos. Junta Cabral, Adriana Ancelmo, Pezão, Dorneles, Pessiani, TCE-RJ, empreiteiras, secretários, desembargadores e muitos outros comparsas, e confira.
    Antes de nos preocupar com quem rouba o nosso “telefone celular”, nós temos que combater quem rouba o nosso futuro e o nosso orgulho de ser brasileiro.

    Pior do que estes vermes, são os que estão contaminando a nossa água.

    ResponderExcluir
  4. Acabar com as UPPs, DPOs e PPCs das comunidades. Realocar esses PPMM às Uop e reinstrui-los. Investimento em logística como: blindados, helicóptero blindado, armas, munições, coletes e capacetes balísticos. As operações deverão ser acompanhadas de Unidade Móvel de Saúde.

    ResponderExcluir
  5. Acho muito certo os militares não subir mais favelas.Deixe que eles se matem.

    ResponderExcluir

Exerça a sua liberdade de expressão com consciência. O conteúdo dos comentários são de sua responsabilidade.